Mistura de substância com gás de cozinha causa odor forte e assusta moradores de Belém

Vazamento ocorreu no Complexo de Miramar.

Os bombeiros avaliaram que não haveria riscos de acidente no local e que o odor deve sair com o tempo.

Um vazamento no Complexo de Miramar causou um cheiro forte de gás e acendeu alerta na noite desta terça (30) em Belém.

Segundo o Corpo de Bombeiros, foram registrados chamados em bairros como a Pedreira e Reduto.

O forte cheiro também foi sentido no bairro de São Brás. O Corpo de Bombeiros informou que o vazamento ocorreu em tanques da empresa Transpetro, no momento em que a substância metilmercaptano estava sendo misturada ao GLP, que é o gás de cozinha que não tem cheiro.

O G1 solicitou nota da empresa e aguarda resposta. Os bombeiros avaliaram que não haveria riscos de acidente no local e que o odor deve sair com o tempo. Ainda segundo nota, a mistura do mercaptano é adicionado, por segurança, a fim de ser percebido em caso de vazamento.

A ação estava sendo efetuada no complexo de Miramar, por volta das 17h45, segundo os Bombeiros, e após ser detectado o vazamento do produto, foi feita a manutenção por especialistas da própria empresa.

Os bombeiros começaram a ser acionados por volta das 18h30 e foram avaliar a situação do possível vazamento no entorno dos conjuntos CDP, Maracangalha e redondezas.

Primeiramente, havia sido constatado que o cheiro é comum devido à descarga de combustíveis e gás e nada tinha sido encontrado. Após novos registros, viaturas do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) fizeram incursões no Complexo Miramar em indústrias e depósitos petroquímicos para detectar possíveis vazamentos até chegarem à conclusão do ocorrido.

Categoria:Pará