Vento arranca telhado inteiro e chacoalha andaime com pessoas; veja imagens do temporal em SC

Ao menos 25 cidades catarinenses foram atingidas por temporais nesta terça.

Veja vídeos.

Vídeo mostra momento em que telhado de edificação é arrancado pelo vento em Florianópolis Fortes temporais que atingiram Santa Catarina nesta terça-feira (30) provocaram a morte de três pessoas e deixaram estragos em todas as regiões do estado.

Árvores foram derrubadas e muitas casas destelhadas.

Um vídeo flagrou o momento em que o telhado de uma edificação é arrancado inteiro em Florianópolis.

Já outro, mostra trabalhadores no andaime de um prédio durante fortes ventos.

Segundo o governo do estado, uma pessoa estava desaparecida na noite desta terça-feira.

Ao menos 25 municípios catarinenses foram atingidos e os prejuízos ainda estão sendo contabilizados por equipes da Defesa Civil.

Só no Oeste, foram mais de 900 ocorrências atendidas pelas equipes dos batalhões dos bombeiros da região. Formação de 'ciclone-bomba' e passagem de tempestades provocam ao menos 3 mortes O que é o 'ciclone bomba' que está causando estragos no Sul do Brasil Os ventos chegaram a mais de 100 km/h na tarde desta terça.

Em Florianópolis, um morador de Canasjurê, entre os bairros de Jurerê e Canasvieiras, no Norte da Ilha, flagrou o momento em que uma forte rajada de vento arrancou o telhado inteiro de uma edificação - veja abaixo. Operário fica pendurado em andaime durante temporal no Litoral Norte No Litoral Norte, um trabalhador estava no andaime no alto de um prédio quando o vento começou em Balneário Camboriú.

A estrutura balançou e ele tenta se segurar em cordas e cabos de aços.

Ele conseguiu chegar até uma sacada para ficar em local mais seguro, como mostrou a NSC TV. O teto de uma unidade de pronto atendimento cedeu no bairro da Barra e os pacientes precisaram ser levados para outras unidades de saúde de Balneário Camboriú.

Na mesma região, uma placa se desprendeu e caiu na fiação elétrica provocando uma explosão.

No vídeo é possível observar muitos faíscas.

Vidros de prédios também quebraram. Initial plugin text Vídeos registrados por moradores de diferentes regiões catarinenses também mostram o momento em que objetos atingem a fiação elétrica em uma rua e faíscas saem do local. Um carro que estava estacionado em uma rua de Lages, na Serra catarinense, também ficou destruído por pedaços de uma parede que caiu com o vento.

Na serra foi um dos locais onde o vento mais forte.

Segundo o governo do estado, no Morro da Igreja, as rajadas chegaram a 120 km/h.

Veja outras notícias do estado no G1 SC
Categoria:Santa Catarina