Prefeitura de Boa Vista compra Ivermectina e Azitromicina por R$ 2,2 milhões sem licitação

O antiparasitário e o antibiótico serão usados no tratamento da Covid-19 em Unidades Básicas de Saúde do município.

Caixas do antiparasitário Ivermectina Prefeitura de Itajaí/Divulgação/Arquivo A prefeitura de Boa Vista comprou 700 mil comprimidos de Ivermectina e Azitromicina por R$ 2,2 milhões.

O contrato não teve licitação - em razão do período emergencial - e foi publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (7). Os medicamentos serão usados para tratar pacientes de Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde, de acordo com a prefeitura. "Todos os investimentos da prefeitura, e isso inclui os relacionados à Covid-19, estão em conformidade com a lei e publicadas no Portal da Transparência, tanto no site da prefeitura como na página exclusiva do Covid, onde qualquer pessoa pode ter acesso", justificou em nota enviada ao G1. Do antiparasitário - Ivemectina - foram comprados 300 mil comprimidos por R$ 864 mil, cada unidade custou R$ 2,88.

Enquanto do antibiótico - Azitromicina - o município adquiriu 400 mil unidades por R$ R$ 1.392.000, cada comprimido custou R$ 3,48. Os dois foram comprados da mesma empresa, fundada em 2014 e com sede no município de Brasília, no Distrito Federal.

Categoria:Roraima