Jurados pedem revisão de depoimentos de testemunhas em julgamento de Harvey Weinstein

Júri pediu para rever testemunhos de ex-assistente de produção que acusa produtor de estupro e da atriz Rosie Perez.

Harvey Weinstein deixa o tribunal no segundo dia de deliberações do juri em seu julgamento Lucas Jackson/Reuters Os jurados do julgamento de estupro contra Harvey Weinstein parecem ter adotado uma abordagem metódica em suas deliberações nesta quarta-feira (19).

Eles pediram a revisão do depoimento de uma ex-assistente de produção, que afirma que Weinstein a estuprou, e também o da atriz Rosie Perez. O júri também pediu para ver textos da testemunha de defesa Paul Feldsher para Weinstein antes de encerrar seu segundo dia de deliberações.

Os jurados devem continuar as discussões na quinta-feira (20). Weinstein, sorrindo ao deixar o tribunal durante o dia, foi perguntado por um repórter se estava preocupado.

A expressão no rosto do ex-produtor de Hollywood ficou séria e ele balançou a cabeça negativamente. Weinstein, de 67 anos, se declarou inocente de agredir sexualmente a assistente de produção Mimi Haleyi em 2006 e de estuprar Jessica Mann, uma aspirante a atriz em 2013. Os jurados pediram para revisar partes do testemunho de Haleyi, além de emails entre ela e Weinstein e emails de Weinstein mencionando-a. Haleyi, que era assistente de produção do reality show de moda "Project Runway", disse em depoimento que Weinstein a forçou fazer sexo oral em 2006 na casa dele em Nova York. Os jurados também pediram para rever o testemunho da atriz Perez, que corroborou a acusação de Annabella Sciorra de que o ex-produtor a estuprou na década de 1990.

Perez disse no julgamento que Sciorra contou a ela sobre o suposto ataque depois do ocorrido. Acusações Desde 2017, mais de 80 mulheres acusaram Weinstein de má conduta sexual. Weinstein, que produziu filmes como "O Paciente Inglês" e "Shakespeare Apaixonado", nega ter feito sexo não consensual. Seu julgamento é amplamente visto como um marco no movimento #MeToo, no qual mulheres acusam homens poderosos no ramo de negócios, entretenimento, mídia e política de conduta sexual inapropriada.

Categoria:Pop & Arte